Setor supermercadista espera aumento nas vendas de fim de ano

Com a chegada das festas de final de ano, o setor supermercadista tende a registrar aumentos significativos por conta das ceias de Natal e Ano Novo dos brasileiros. De acordo com a Associação Brasileira de Supermercados (Abras), para este ano, o acréscimo em relação à 2015 está projetado em 1,2%.

Segundo Sebastião Mortari, sócio proprietário do Supermercado Mortari, de Matão (SP), a expectativa de vendas para 2016 é superar a marca do ano passado. “Em 2015, registramos um crescimento de 8% com o Natal e o Ano Novo. Nosso desejo é manter esse número ou, quem sabe, superar essa marca”.

Apesar da crise econômica que ainda interfere no bolso do cidadão, os supermercadistas têm investido em ações especiais para essa data, a fim de tentar manter as previsões de vendas e fechar o ano com bons resultados. “As nossas ações para o final do ano são efetuadas em conjunto com a Associação Comercial, juntamente com outros lojistas de vários ramos. Além disso, acreditamos que o poder aquisitivo do trabalhador influencie muito também no crescimento das vendas, por isso, trabalhar com preços diferenciados e promoções podem resultar em melhores vendas para o final do ano”, explica Sebastião.

Para o consumidor, quanto mais os estabelecimentos ofereceram preços atrativos, condições de pagamentos diferenciadas e promoções exclusivas, melhor. “Gosto de me programar com antecedência para sempre ir atrás de oportunidades especiais e, também, de preços acessíveis. Assim, não deixamos tudo para a última hora, logo não precisamos gastar muito ou sacrificar nossa ceia por conta da crise econômica. No mais, todo mundo gosta daquelas promoções de final de ano, então acho válido o supermercado estudar propostas bacanas para os consumidores”, comenta a consumidora Valéria Santos.

Pensando nas ações especiais desse final de ano, o responsável pelo Supermercado Mortari acredita que ter uma boa ferramenta para controlar e gerir o estabelecimento traz mais recursos e tranquilidade para desenvolver o relacionamento com o consumidor final. “Ter um sistema de gestão interno é ter tranquilidade suficiente para trabalhar em prol de nossos clientes. Quando as coisas fluem na parte interna, a externa também caminha ao lado. É preciso um planejamento prévio para obtenção efetiva de bons resultados”, finaliza Sebastião.

O Supermercado Mortari é cliente VR Software há mais de 6 anos.

02 de Janeiro de 2017
voltar à listagem
  • TAGS