A grande quantidade de dados disponíveis permite que o supermercadista conheça o seu cliente, são desde informações básicas como dias de compra, até as mais complexas como os produtos e a frequência que os compra. Isso causou uma mudança no varejo, fazendo que os que tinham acesso à essas informações, entendessem os dados. Acredita-se que nos próximos 3 anos, cerca de 90% das empresas usem essas informações para orientar o modelo de negócio, assim como os produtos comercializados em suas lojas, para melhorar a experiência de seus consumidores no momento da compra.

26 de Abril de 2019
voltar à listagem